Suspeita de mandar matar a própria mãe volta a ser presa na Grande Natal

28 agosto 2015

Suspeita de mandar matar a própria mãe volta a ser presa na Grande Natal


A Polícia Civil do Rio Grande do Norte prendeu na manhã desta sexta-feira (28) Taliany Lourenço, de 22 anos, suspeita de ser a mandante do assassinato da própria mãe. Normalice de Freitas Lourenço, de 41 anos, foi morta a marretadas no dia 30 de julho em Macaíba, na Grande Natal. O assassino confesso do crime, o pedreiro Geraldo José Amaro do Nascimento, trabalhava na casa da vítima. Ele continua preso. 

Tailany nega o crime. Ela já havia sido presa no início de agosto, mas foi solta três dias depois. Nesta manhã, os policiais cumpriram o novo mandado de prisão contra ela na casa de uma irmã, onde ela passou a noite. A residência fica em Parnamirim, também na região Metropolitana da capial potiguar. 

De acordo com o delegado Normando Feitosa, o novo mandado de prisão preventiva foi expedido devido a novidades nas investigações. "Com os novos depoimentos das testemunhas, temos certeza de que a Taliany foi realmente a mandante do assassinato", afirmou. 

Fonte: G1 RN

Polo Club São José de Mipibu

Polo Club São José de Mipibu

Farmácia Central

Farmácia Central

Vidraçaria Bom Jesus

Vidraçaria Bom Jesus

Madeireira Jatobá

Madeireira Jatobá

M2 Academia

M2 Academia

ads

ads

Ari Moto Peças

Ari Moto Peças

ads

ads

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

  • Copyright © 2017 - Digital Mipibu!
  • Todos os direitos reservados