Com bolo de Pabllo Vittar, menino de 12 anos beija “namorado” em festa de aniversário

22 novembro 2017

Com bolo de Pabllo Vittar, menino de 12 anos beija “namorado” em festa de aniversário


Vídeo viral escancara o perigo da erotização infantil




Viralizou nas redes sociais do Brasil um vídeo que caracteriza bem como a crianças do país estão sendo erotizadas e estimuladas ao comportamento resultante da “ideologia de gênero”.

O material, que tem cerca de um minuto mostra um menino no seu aniversário de 12 anos beijando seu “namorado” de 14. Cercado pela família, eles cantam ”parabéns a você” com uma letra modificada, recheada de citações sexuais.

Chama atenção ainda que o tema da festa é o cantor travesti ‘Pabllo Vittar’. Além do bolo com a foto da “drag” – que ganhou projeção graças a uma música com a funkeira Anitta – também há fotos de Vittar colada nas paredes.

O assunto gerou amplo debate nas redes, com a maioria das pessoas se mostrando contrárias. Em especial por que pelo Artigo 217-A do Código Penal, é crime “Ter conjunção carnal ou praticar outro ato libidinoso com menor de 14 (catorze) anos”.

O jornalista conservador Paulo Eduardo Martins, um dos primeiros a denunciar o vídeo, escreveu: “É bizarro o que os esquerdistas fizeram com as nossas crianças. Sexualizaram a infância e induziram aqueles que ainda não têm condições de discernimento a escolherem sobre caminhos aos quais ainda não estão preparados para seguir. Eu lamento pelos garotos do vídeo, lamento por outras crianças que se enquadram no exemplo desses garotos. Não lamento pelos adultos responsáveis por todo esse processo cultural, esses eu tenho o dever de combater”.

O pastor e autor Rosivaldo Silva Santos afirmou em artigo recente em sua coluna no portal Gospel Prime que: “O surgimento de um novo padrão de infância no Brasil, além de pernicioso é certamente contagiante. Há uma erotização infantil causada, em parte, pela cultura funk. Não resta dúvida de que suas letras retratam algo totalmente degradante e precisam ser, a todo custo, reprovados e os autores de tais infâmias (os pais ou responsáveis) punidos com todo o rigor da lei. Em meio a tantos descasos gritantes mostrados a cada dia pela mídia já é tempo de a leis brasileiras mostrarem que servem para alguma coisa de fato útil para a preservação da moral e da infância em nossa nação”.

A pastora Damares Alves, que também é assessora jurídica da Frente Parlamentar Evangélica, já vem denunciando esse problema há anos.

As igrejas evangélica e católica brasileira passa por grandes desafios para combater pessoas que estão tentando influenciar as crianças com o intuito de destruir a infância e ensinar a homossexualidade e a erotização.

O portal Gospel Prime condena a prática, por isso se reserva o direito de não divulgar o vídeo. Ele está disponível no site da TV Cidade, filial do SBT.

Cynthia Consultora

Cynthia Consultora

Polo Club São José de Mipibu

Polo Club São José de Mipibu

Farmácia Central

Farmácia Central

Vidraçaria Bom Jesus

Vidraçaria Bom Jesus

Madeireira Jatobá

Madeireira Jatobá

M2 Academia

M2 Academia

ads

ads

Ari Moto Peças

Ari Moto Peças

ads

ads

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

  • Copyright © 2017 - Digital Mipibu!
  • Todos os direitos reservados