Parnamirim cria Secretaria de Segurança e planeja implantar Guarda Municipal e câmeras

03 janeiro 2018

Parnamirim cria Secretaria de Segurança e planeja implantar Guarda Municipal e câmeras

De acordo com o secretário Marcondes Pinheiro, além de proteger o patrimônio público, a corporação terá o objetivo de aumentar a sensação de segurança em Parnamirim


O prefeito de Parnamirim, Rosano Taveira (PRB), sancionou uma lei complementar que institui no município a Secretaria de Segurança, Defesa Social e Mobilidade Urbana (Sesdem). A pasta recém-criada é uma expansão da então Secretaria de Trânsito e Transportes e será comandada pelo coronel reformado da Polícia Militar Marcondes Pinheiro.

Com a criação da pasta, uma promessa de campanha de Taveira, a expectativa é que o município implemente ainda em 2018 sua Guarda Municipal. De acordo com o secretário, além de proteger o patrimônio público, a corporação terá o objetivo de aumentar a sensação de segurança em Parnamirim.

“Além de tomar conta dos nossos prédios municipais, a Guarda vai atuar de maneira assertiva, em conjunto com as polícias Civil e Militar. A segurança pública no Rio Grande do Norte está em um momento delicado, não tem luz no fim do túnel. A decisão do prefeito vem no sentido de trazer um alento para os parnamirinenses e maior sensação de segurança”, frisa Marcondes Pinheiro, que já foi comandante da Polícia Militar.

Além de abrigar a Guarda Municipal, a Sesdem vai coordenar também a instalação de câmeras de monitoramento no município. Atualmente, por causa do apelo turístico, apenas a região de Pirangi do Norte tem os equipamentos. A intenção, no entanto, é ampliar para outras regiões da cidade.

“Estamos na fase conclusiva da licitação para instalação de câmeras na região central. O processo se conclui na semana que vem. Já temos os locais plotados pela Polícia Militar. Serão priorizadas regiões com maior mancha criminal. Essas câmeras vão ter o olho voltado para a segurança e também vai nos ajudar no monitoramento do trânsito”, diz o coronel reformado.

GREVE BRANCA NA PM

Ex-comandante da PM, Cel. Marcondes Pinheiro saiu em defesa dos agentes dos policiais militares que aderiram à operação “Segurança com segurança”, uma espécie de greve branca que prevê que os agentes só sairão às ruas quando houver condições adequadas de trabalho e salários pagos em dia. Para Marcondes, “os policias não têm culpabilidade” pela crise na segurança desencadeada pela paralisação.

“A situação é lamentável. Os policias precisam de meios necessários para fazer segurança. Não posso combater bandido se não tenho colete em plenas condições de uso e se a viatura não tem condições. Eu tenho que ter o mínimo necessário. A reivindicação é justa. Não queira saber o que é um salário atrasado”, destaca o ex-comandante.

AgoraRN

Cynthia Consultora

Cynthia Consultora

Polo Club São José de Mipibu

Polo Club São José de Mipibu

Farmácia Central

Farmácia Central

Vidraçaria Bom Jesus

Vidraçaria Bom Jesus

Madeireira Jatobá

Madeireira Jatobá

M2 Academia

M2 Academia

Ari Moto Peças

Ari Moto Peças

ads

ads

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

  • Copyright © 2017 - Digital Mipibu!
  • Todos os direitos reservados